segunda-feira, 25 de abril de 2011

ENERGIA :: FAFÁ

Na sexta-feira, já era de se esperar muito suor,e uma torturinha boa de séries de alongamentos e aquecimentos. Agente acabou se acostumando, emtão já estavamos preparados...

Pelo menos foi o que pensamos. rs

Quando a Fafá entrou na sala, não sabiamos que iamos nos surpreender tanto.

Deu pra perceber como nosso corpo pode ser um saco cheio de nada( na verdade,preguiça ) e como ficamos quando estamos cientes de todos os membros, por menores que sejam , sendo usados. Sentir a sensação de uso e movimento se espalhar e vibrar do interior para o exterior.

Sentimos como se fossemos panelas de pressão, e o fogo não era desligado,mas sim contido até o momento da explosão.

Dançamos, cantamos, pulamos, gritamos, nos esguelamos de todas as maneiras possiveis, levamos o corpo ao máximo e traziamos de volta ao neutro,e mais uma vez explodiamos. rs

Foi tão contagiante, qua pareciamos pipocas estourando quando chegou a hora de ir embora. Sempre visionando o verão 2012- sem canga! rs

E quando gritamos: "Eu quero,eu posso e eu consigo!" naquele dia,o chão reverberou em baixo de nossos pés direitos tão pressionados ao chão e as paredes estremeceram devido as vozes do Teatro Valores de Minas 2011!

Nenhum comentário:

Postar um comentário